domingo, 2 de maio de 2010

Jornalista pioneira em moda no ES.


Essa é Betty Feliz, jornalista pioneira aqui do estado do Espírito Santo, em reportagens sobre moda. Ela atua na área de consultoria e assessoria de imprensa, já trabalhou em A Gazeta, A Tribuna, e criou a Preview Assessoria em Comunicação. Atualmente atua na Preview editando a revista Hype, revista Destino ES e Lorenge In. É também coordenadora de Moda do Curso de Pós-graduação em Design e Produção de Moda da UVV.

Como vocês sabem, no meu último post, escrevi sobre laços e a tendência de 2010, e quis saber se Betty é adepta, ela respondeu: “Tendência... Outra palavra que ficou gasta concorda? Eu chamaria os laços de uma vontade de moda. E eu gosto, desde que não haja exageros. Laços remetem a infância, inocência, romantismo... Não é para qualquer um. Você corre o risco de parecer infantilizada... Voltando à palavra tendência, sabe por que eu não gosto de usá-la, tenho, confesso, uma certa implicância com ela? É que não dá para classificar como tendência as propostas que vemos nas passarelas. São incontáveis, como são incontáveis as ideias dos nossos inquietos criadores, brasileiros e internacionais. Cada um propondo uma viagem... Uns indo, outros vindo... Louco de quem quiser seguir 'tendências'!”.

E para finalizar, como Betty sabe bastante sobre moda, pedi a ela que deixasse a dica de livro e filme sobre moda.

“Eu aconselho aos jovens estudantes que se voltem para os clássicos, estudem a moda desde lá de trás. Um bom livro é o Dicionário da Moda Brasileira, que mostra quem e como a moda nacional se desenvolveu ao longo de décadas. É bom fazer antes o dever de casa... Hoje temos o Google, que deixa ao nosso alcance todas as informações possíveis, assim é possível economizar na compra de livros que, infelizmente, são caros. Revistas também são muito úteis e ilustrativas. Leiam-nas! Mas leiam tudo: arte, cinema, comportamento, filosofia. A moda perpassa todos os movimentos, todas as áreas de atividades humanas. Um profissional eficiente e bem sucedido tem que ter cultura geral!

Sobre filmes, eu amo cinema! Vejo tudo, desde os ligados à moda, como Chanel, O Diabo veste Prada, que é divertido e informativo, até os de suspense, ação, drama e as comédias de bom gosto. Mas os clássicos como Bonequinha de Luxo, por exemplo, são uma autêntica aula de estilo. Recomendo!”

Espero que tenham gostado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário